Economistas que Inspiram

O nosso quadro “Economistas que Inspiram” de hoje lhes apresenta Débora Freire Cardoso.

Débora atualmente é professora adjunta do Departamento de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Possui doutorado em Economia pelo CEDEPLAR/UFMG (2012-2016), com estágio sanduíche na Universidade de Illinois em Urbana-Champaign (UIUC). Graduada em Ciências Econômicas pela UFSJ (2009) e mestrado em Economia Aplicada pela UFV (2009-2011).

A nossa economista de hoje tem experiência nas áreas de: Crescimento e Desenvolvimento Econômico, Economia Regional, Renda e Tributação, Finanças públicas, Economia dos Programas de Bem-Estar Social, Métodos e modelos matemáticos e Contabilidade Nacional, atuando principalmente nos seguintes temas: Economia brasileira, Estrutura produtiva brasileira, Distribuição de renda, Sistema tributário brasileiro, Impactos de políticas públicas e modelos de Insumo Produto, Contabilidade Social e Equilíbrio geral computável.

Ela integra os seguintes grupos de pesquisa “Núcleo de Estudos em Modelagem Econômica e Ambiental Aplicada (NEMEA)” e “Políticas Públicas e Desenvolvimento” no CEDEPLAR/UFMG.

Sua tese intitulada “Capital e Trabalho no Brasil no século XXI: O impacto de políticas de transferência e de tributação sobre desigualdade, consumo e estrutura produtiva” recebeu o Prêmio de Melhor Tese em Economia no 37º Prêmio BNDES de Economia.

 

Fonte:

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do;jsessionid=11BB6355273EF79A338203F271B30BB6.buscatextual_6

https://www.bndes.gov.br/wps/portal/site/home/imprensa/noticias/conteudo/37-premio-bndes-de-economia-divulga-lista-dosvencedores#:~:text=A%20vencedora%20foi%20Capital%20e,a%20tese%20publicada%20pelo%20BNDES%20.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *