Decomposing public-private teachers’ wage gap: Evidence from Brazil


O artigo tem como objetivo analisar a diferença salarial entre professores do setor público e privado de 2006 a 2017.

Uma decomposição em diferentes pontos da distribuição de salários ajuda a explicar quais fatores podem contribuir para o diferencial.

Professores do setor público ganham mais devido a diferenças nas características desses professores, especificamente devido a estabilidade no emprego.

A diferença vem aumentando na média, mediana e quantil 10, enquanto no quantil 90 a diferença, que favorece professores do setor privado, vem se reduzindo.

O efeito composição explica a diferença salarial dos professores que lecionam na educação infantil, enquanto que no ensino fundamental a diferença é mais explicada por efeitos estruturais.

No ensino médio, o efeito das estruturas de mercado favorecem aos professores do setor privado, com a exceção do quantil 10 da distribuição de salários.

Para ter acesso ao texto na íntegra é só acessar o link abaixo:

http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/bre/article/download/81059/79364

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marcações: